São José abre dois, mas não consegue manter regularidade e perde clássico

Na noite deste sábado (12) a equipe do São José entra em quadra no com a expectativa de quebrar sequência negativa mas perde o jogo, nos detalhes, para a equipe vizinha, em parciais de: 20-25, 24-26, 27-25, 25-18 e 15-10.
Começaram jogando: Lorena, Dante, Diogo, Alberto, Everton, Rodriguinho e Matheus. No segundo set Rodriguinho sente as costas e é substituído por Salim. Também entraram Brunão, Alemão e Hugo.

O Jogo
O primeiro set já começa eletrizante. Taubaté vem forte na marcação do Lorena e já nos primeiros pontos, param o oposto no bloqueio. O jogo começa a ficar nervoso para os joseenses, os donos da casa vibram mais, com apenas dois pontos de diferença (10×08). O São José substitui, sai Rodriguinho, entra Salim. O jogo caminha ponto a ponto e o São José empata em 10 a 10 e na sequência, pela primeira vez, o São José passa à frente (10×11). O jogo é acirrado, as duas equipes recuperam bolas praticamente indefensáveis, há empate em boa parte do set (15×15) até os joseenses conseguirem abrir 3 pontos de vantagem (18×21) e aí arrancarem para a reta final e vencerem a parcial por 20×25.

O segundo set o São José começa à frente e abre 3 pontos logo no início. A torcida empurra o time da casa, reclama com o árbitro e o Taubaté pede tempo. Jogo equilibrado e as equipes se alternavam na liderança, principalmente devido a erros de saque da equipe de São José. Taubaté encosta e empata em (11×11), mas São José imprime uma reação surpreendente e leva o jogo a (15×19), para desespero da torcida local. O jogo segue pegado e erros de saques sequentes dificultam a vida do São José que vê o time da casa mais uma vez se aproximar e empatar (21×21).Entra Brunão para auxiliar a equipe, o jogo é difícil, mas São José leva a melhor e fecha em 24×26.

No terceiro set o time de Taubaté reage, fica 2 na dianteira, mas logo o São José se recupera e passa à frente de novo com pequena vantagem. O jogo continua muito disputado, sobra cartão para o Lorena e após o segundo tempo técnico a diferença para o José é de 4 pontos (15×19). Mas os taubateanos conseguem encaixar boas jogadas e diminuem ( 20×21) . O técnico Fabrizio Capello pede tempo e a equipe volta mais concentrada, mas não consegue finalizar o set. Melhor para o Taubaté que faz 27×25.

O quarto set começa com cartão vermelho para o Lorena e depois para Diogo. O jogo está difícil para o time de São José que joga com um time diferente, em quadra: Alberto, Matheus, Hugo, Alemão e Brunão. Neste momento Taubaté consegue saídas de bola mais enquanto São José abusa dos erros. Taubaté chega a abrir 3 pontos (10×7). A partir daí se mantem à frente e dispara no marcador até fechar em 25×18.

No set decisivo o São José volta melhor para o jogo e já estão de volta Lorena e Diogo. Os joseenses conseguem abrir uma pequena vantagem no início (5×7) e o Taubaté pede empo. Que jogo! Empate em vários momentos (6×6), (7×7),(8×8). Aí é a vez do São José pedir tempo. Taubaté passa à frente em (10 x8), (12×9) e já começa a encaminhar a vitória que acontece no 15º ponto. Taubaté 15 x 10 São José.

Episódio
Foi um jogo muito acirrado dentro de quadra, em que as duas equipes discutiam as decisões do árbitro. Houve cartões para ambas as equipes mas tudo corria dentro do previsto no esporte. As provocações por parte da torcida adversária eram constantes a ex-atletas da cidade, principalmente ao Lorena, mas tudo encarado dentro da normalidade até que as manifestações da torcida começam a interferir no jogo e copos com água são arremessados em quadra.

Quando o árbitro apita o final do jogo há mais confusão e alguns membros da torcida se manifestam com agressividade. Neste momento Lorena, um dos mais acossados durante toda a partida também perde a linha, tira satisfação com torcedor e o que era par ser apenas uma grande noite de voleibol, tem um episódio que não reflete em nada a competência e seriedade das duas equipes.
Lorena falou à imprensa no final de tudo. “ Lamento muito este episódio. No final das contas eu também perdi a cabeça eu fui tirar satisfação com o torcedor, não tinha que ter feito isso. Mas agora já está tudo bem, me retratei com ele, no final. O negócio é que além das provocações e xingamentos, que é normal, jogaram copo d’água na gente, houve muita falta de respeito. Eu tenho o maior respeito por esta equipe, por esta torcida e acho que no voleibol não deve ter briga, mas respeito”.

“Eu queria vencer, todos nós queremos, eu , Dante, isso é normal. Jogamos muito bem vencíamos por 2 a zero e acabamos perdendo de novo por 3 a 2, paciência. Na hora certa nós vamos vencer. É um grupo novo e acho que o São José está de parabéns, ainda temos jogadores pra chegar que vão nos ajudar muito, mas faz parte, a gente também aprende muito na derrota”, pontuou Lorena.

Classificação
1º – Sesi – 14 pontos em 5 jogos
2º – Taubaté – 11 pontos em 4 jogos
3º – Campinas – 8 pontos em 4 jogos
4º – São José – 5 pontos em 4 jogos
5º – Atibaia – 5 pontos em 4 jogos
6º – Santo André – 1 ponto em 4 jogos
7º – São Bernardo – 5 jogos ainda não pontuou

A próxima partida em casa será na quinta-feira, dia 17 de setembro, contra a equipe do Atibaia. Os ingressos estarão à venda à partir desta seguda-feira, na FisioClin, das oh às 19h.

Paulista
A fase classificatória acontece em turno único. Após sete rodadas, o primeiro colocado terá garantida sua vaga na semifinal. Enquanto isso os outros seis disputarão quartas-de-final, semifinais e final, que serão disputadas em playoffs com Golden Set.

Elenco
Centrais: Alberto, Everton, Athos, Brunão | Oposto: Lorena, Alemão, Athos | Ponteiros: Dante, Diogo, Hugo Hamacher | Levantador: Rodriguinho, Lucas Salim | Líberos: Matheus Andrade, Matheus Oliveira | Técnico Interino: Fabrízio Capello
O técnico Leonardo Carvalho e o líbero Mário Júnior estão a serviço da Seleção Brasileira e Christian Poglajen à disposição da Seleção Argentina.

São José Vôlei
O São José Vôlei é uma equipe de alto rendimento que disputou a Superliga 2014/2015, depois de conquistar a vaga com o título da Superliga B 2014. A vaga na Superliga 2015/2016 foi conquistada em seletiva com outras quatro equipes, disputa em que o São José Vôlei sagrou-se campeão.
A maior parte dos recursos para manutenção da equipe é proveniente da Prefeitura de São José dos Campos. Outra parte, derivada de empresas apoiadoras como Colégio e Curso Poliedro, por meio da Lei de Incentivo Fiscal – LIF.
Hoje o São José Vôlei executa um plano estratégico de marketing e negócios que prevê captação de patrocínio e implantação de ações que eleve sua autonomia com recursos privados em pelo menos 50% para a temporada 2015/2016 e alcance 100% na temporada 2016/2017.

Zaia Comunicação

Zaia Comunicação

Zaia Comunicação