São José estreia com vitória na Superliga

Era a estreia o São José na temporada 2015/2016 da Superliga Masculina de Vôlei e não poderia ter sido melhor. O time joseense venceu o clube mineiro por 3 sets a 0 em parciais de (25/19, 25/21 e 25/23), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).
O time entrou em quadra com Lorena, Diogo, Rodriguinho, Mário Júnior, Brunão e Hugo Hamacher. Também contribuíram Everton, Júnior, Salim, Rodriguinho e Alemão.
Lorena foi mais uma vez um dos destaques da partida. Com a canhota calibrada, fez pressão do começo ao fim e acertou quase todas no ataque. O oposto alcançou a marca de 23 pontos e junto com Diogo e Brunão, formou o trio de destaque do São José. Diogo fez 13 pontos e Brunão 8.
O levantador Rodriguinho também foi muito elogiado pelos comentaristas durante toda a transmissão e legitimou os elogios com a deixadinha no último ponto do jogo, arrematando a partida. Ele comentou sua atuação, elogiou os companheiros, mas é exigente. “Jogamos bem, neutralizamos o ataque deles, sacamos forte e rodamos nossos contra-ataques conforme treinamos durante os últimos dias. É ótimo vencer, fora de casa, por três a zero. Fizemos uma boa partida, mas temos consciência de que ainda é preciso melhorar para seguir forte na competição.”
Ainda na lista dos melhores em quadra, Hugo Hamacher foi eleito o melhor jogador da partida pelo público que assistia a transmissão e votaram no site da CBV. Esta é uma inovação da CBV para jogos com transmissão na TV e oferece o troféu Viva vôlei ao eleito pelo público.
“Fico feliz com troféu, acho interessante o voto popular mas é aquilo, não dá muito para saber se é verdade ou se foi sua família e os amigos que se uniram e ficam ali, votando, né”, divertiu-se. “De qualquer maneira, agradeço muito a todos que votaram, ao reconhecimento da torcida. Todo o time jogou bem, para mim Lorena e Diogo fora os destaques. O time todo foi preparado para uma batalha mesmo, para um jogo difícil. Queríamos, claro, a vitória. Mas posso dizer que três a zero foi inesperado, mas mostra que o time tem muita qualidade para fazer grandes partidas nesta Superliga”.
O técnico Leonardo Carvalho também comentou o jogo e tem os pés no chão sobre a estreia com vitória. “Vencer é muito bom mas a única coisa que essa vitória representa é que o nosso time pode ser competitivo, nada mais do que isso. É uma boa estreia, nos deixa muito felizes, mas na quinta feira e no sábado já temos outros dois grandes desafios. Apesar do bom desempenho, nós ainda temos que melhorar muito se quisermos realmente tornar real uma vaga nos playoffs”.

O Jogo
No primeiro set os times começam em jogo equilibrado, o São José força o saque, faz boas viradas na saída de rede, mas fica em algumas bolas no bloqueio. O time anfitrião passa à frente (10×8). O São José insiste, Lorena explora o bloqueio com consciência e começa a virada do São José. Diogo vai para saque, vira dois com um saque forçado, a equipe adversária pede tempo para quebrar o saque do Diogo e na volta o ponteiro erra. Mesmo assim o São José não desperdiça, insiste na força do saque, aproxima e empata em (17×17) e passa à frente com block duplo de Brunão e Hugo. Final: (19×25)
No segundo set, ace contra o São José logo no início. Lorena é bem marcado e tem que esticar a bola para não ficar no bloqueio. Hora do Minas aparecer e encaixar três do Cubano Escobar e virar o placar (5×3). Lorena vai para o saque e erra. O Cubano é encaixotado no bloqueio de Hugo e Junior mas o jogo é equilibrado. São José apesar de estar alguns pontos atrás, evita que o adversário cresça no jogo, encosta, cresce no bloqueio duplo, triplo e vira mais uma vez (13×15). São José abre (14×16), o Minas vai buscar. Tem rali e o jogo fica equilibrado (18×18). São José começa encaminhar a vitória na experiência e na raça (20×22). Lorena é o dono do jogo, com belas pancadas e os joseense fecham: (20×25).
No terceiro set o São Jose começa bem. “Erra menos, aproveita as oportunidades, arrisca na medida certa e mantém a constância”, diziam os comentaristas da transmissão. O jogo é mais equilibrado mas o São José abre boa diferença no placar com saque com um de seus pontos fortes: o saque forçado. O time mineiro ainda tenta tirar a diferença, o jogo fica empatado, mas com muita paciência, bola a bola, mais uma vez o São José toma a dianteira e encaminha a vitória a partir do 20º ponto. E para fechar em grande estilo, uma deixadinha Rodriguinho. Final do jogo: (23×25)

Próximo Jogo
São José Vôlei joga em casa, será na próxima quinta-feira (12.11) contra o Voleisul/Paquetá (RS), às 19h30, no Tênis Clube de São José dos Campos (SP)

Elenco
Centrais: Alberto, Everton, Brunão, Junior | Oposto: Lorena, Alemão | Ponteiros: Diogo, Hugo Hamacher, Cristian Poglajen | Levantador: Rodriguinho, Lucas Salim | Líberos: Mario Junior, Matheus Oliveira | Técnico: Leonardo Carvalho | Auxiliar Técnico: Fabrízio Capello

São José Vôlei
O São José Vôlei é uma equipe de alto rendimento que disputou a Superliga 2014/2015, depois de conquistar a vaga com o título da Superliga B 2014. A vaga na Superliga 2015/2016 foi conquistada em seletiva com outras quatro equipes, disputa em que o São José Vôlei sagrou-se campeão.
A maior parte dos recursos para manutenção da equipe é proveniente da Prefeitura de São José dos Campos. Outra parte, derivada de empresas apoiadoras como Colégio e Curso Poliedro, por meio da Lei de Incentivo Fiscal – LIF.
Hoje o São José Vôlei executa um plano estratégico de marketing e negócios que prevê captação de patrocínio e implantação de ações que eleve sua autonomia com recursos privados em pelo menos 50% para a temporada 2015/2016 e alcance 100% na temporada 2016/2017.