São José luta, mas é superado pelo favorito Sesi

Foi sofrido para o Sesi que fez a melhor campanha do campeonato, mas a equipe paulistana confirmou seu favoritismo em cima do São José, comemorando sua sétima classificação a uma final de Paulista. A equipe do Sesi entrou em quadra em desvantagem depois de perder em São José por (3 sets a 2). O time do técnico Pacheco precisava vencer no tempo normal de jogo e depois vencer o Golden set para se classificar e foi o que o time fez. O Jogo foi 3 a 2 em parciais: 25×13, 20×25, 22×25, 25×21, 15×12 e Golden set 25×18.
O técnico Leonardo Carvalho escalou Lorena, Diogo, Rodriguinho, Mário Júnior, Brunão e Júnior. Também participaram Alemão e Lucas Salim. Os centrais Alberto e Everton foram os desfalques da partida, ambos contundidos.

Para o central Brunão, que foi muito bem na partida, raça e vontade não faltaram. “Lutamos muito, foi um jogo muito difícil e muito igual para as duas equipes. Nós fomos em todas as bolas, sempre acreditando. Acho que o Sesi soube segurar melhor a pressão e teve mais paciência em momentos que estava perdendo para virar as bolas decisivas. Mas nossa equipe foi bem e está de parabéns’

De acordo com o técnico joseense o Sesi veio com uma estratégia de saque diferente do que eles adotaram em São José, forçaram mais e isso desestabilizou a recepção. Leo também destacou erros principalmente no contra-ataque mas elogiou a atuação da equipe. “O jogo foi exatamente como a gente achou que ia ser: extremamente duro, disputado e nós estávamos preparados para isso. O jogo foi equilibrado, ponto a ponto. Apesar de chateados com a derrota, não há motivo para lamentações. Os jogadores deram o melhor que podiam, lutaram em todas as bolas como se fossem o último ponto e eu tenho certeza que quem acompanhou a partida ficou orgulhoso da postura, do espírito guerreiro que os atletas mostram dentro de quadra”.
É o fim do paulista para nós mas temos uma temporada inteira ainda pela frente. Estão todos de parabéns”.

O jogo
O Sesi começou melhor e logo no início abriu 3 a 0. Bem na partida e organizado taticamente o Sesi vai à frente para o primeiro tempo técnico do jogo (8\3). O São José não acerta as recepções, se atrapalha um pouco e não consegue reverter a situação. Sem muita dificuldade o time do técnico Pacheco fecha em 25 a 13.

No segundo set, outro São José em quadra. E agora é a vez do time do Vale abrir vantagem (10/11,11/14,14/20). Os joseense desestabilizam o adversário e fecham em 20 a 25.
No terceiro set, mais uma vez superioridade dos joseense que forçam o saque, colocam pressão e mantendo a força do segundo set, o São José fecha em 22 a 25.

O quarto Sesi é de absoluta pressão para o Sesi que de agora em diante tem que ganhar todos ou está fora. O jogo é acirrado (5/6, 7×7, 10/9, 14/14), o comandante da equipe pede calma aos joseenses, mas o time não consegue deslanchar e o Sesi se sai melhor. Final de set: 25 a 21.

O tie break foi mais um set apertado. Os times começam empatados, o São José abre vantagem, mas logo o time da casa reage, empata novamente e vira. Final 15 a 12.
O Golden Set mais uma vez jogo é degrau a degrau, os times trocam pontos e a liderança no set. O São José força no saque e passa a erras mais. O time paulista começa a apresentar mais confiança e encaminha o jogo para o final em 25 a 18.

São José Vôlei
O São José Vôlei é uma equipe de alto rendimento que disputou a Superliga 2014/2015, depois de conquistar a vaga com o título da Superliga B 2014. A vaga na Superliga 2015/2016 foi conquistada em seletiva com outras quatro equipes, disputa em que o São José Vôlei sagrou-se campeão.
A maior parte dos recursos para manutenção da equipe é proveniente da Prefeitura de São José dos Campos. Outra parte, derivada de empresas apoiadoras como Colégio e Curso Poliedro, por meio da Lei de Incentivo Fiscal – LIF.
Hoje o São José Vôlei executa um plano estratégico de marketing e negócios que prevê captação de patrocínio e implantação de ações que eleve sua autonomia com recursos privados em pelo menos 50% para a temporada 2015/2016 e alcance 100% na temporada 2016/2017.