São JoséVôlei estreia na Superliga neste sábado, contra o Minas Tênis Clube

A equipe masculina de Vôlei de São José já está em Belo Horizonte para o jogo que acontece neste sábado (7), a partir das 14h45, com transmissão pela Rede TV.
A novidade é a escalação do atleta argentino Cristian Poglajen, o Polaco, que chegou há cerca de duas semanas na cidade mas apresentou um problema de saúde que o impediu de treinar normalmente com a equipe.

Cristian falou sobre a ansiedade de voltar a treinar, a adaptação com o time e sobre a estreia neste sábado. “Estou muito feliz em estrear na Superliga, estava ansioso. Logo na chegada a São José tive uma infecção, um problema dermatológico, e não pude nem treinar com a equipe. Mas agora chegou o momento, estou muito feliz”.

Sobre a adaptação, o hermano disse que foi muito bem recebido e que gostou muito da cidade. “Já morei aqui no Brasil quando joguei em Montes Claros. Ainda não falo bem o idioma mas já me familiarizei com a cidade que é muito boa, também fui muito bem recebido pelos colegas. Este é um time experiente, com bons jogadores, que com certeza vai brigar muito forte pela classificação”.
Polaco também falou da expectativa para este jogo. “Com certeza vai ser um jogo duro e emocionante. A Superliga é um campeonato muito difícil, os times são fortes e vêm prontos para promover grandes espetáculos para a torcida.”

Superliga
O campeonato que começa neste sábado (7), terá 12 times. Sada Cruzeiro Vôlei (MG), Sesi-SP, Funvic/Taubaté (SP), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei Brasil Kirin (SP), Copel Telecom/Maringá Vôlei (PR), Vôlei Canoas (RS), Montes Claros Vôlei (MG), UFJF (MG), Voleisul/Paquetá Esportes (RS), Bento Vôlei/Isabela (RS) e São José dos Campos (SP).
As equipes se enfrentam em um turno e returno de 22 rodadas no primeiro turno, que é a fase classificatória que vai até março de 2016. Após esta fase os oitos classificados disputam as quartas de final e naturalmente seminal e final, que estão previstas para o mês de abril. O último na tabela cai para a segunda divisão.

Viaja com a equipe
O atleta Eduardo Penha Bidá, ponteiro, integrante da equipe de base do São José, também viaja com a equipe para este jogo. Bidá tem 20 anos e 1,95 de altura, é natural de Rondônia e está na equipe de base do São José há 3 anos.
“Eu vi a evolução do time, antes o objetivo era se manter na elite e agora os objetivos são bem mais ousados, como disputar playoffs. Fazer parte da equipe titular hoje é muito mais do que eu esperava, mas claro que sonhei com este momento, me sinto pronto”.

Parceria São José e Santos
Durante toda a semana se falou sobre a possível parceria do São José com o Santos. Há algumas semanas as equipes conversavam e agora o processo caminha para a definição.
A parceria com o Santos não prevê aporte financeiro. O interesse do Santos é ter sua marca aliada ao vôlei, em uma equipe de alto rendimento e a contrapartida dessa parceria para o São José é ter todo o material esportivo cedido pelos parceiros do Santos, além de atuação de sua equipe de marketing nessa empreitada do São José pela sustentabilidade da equipe.

Os times têm se reunido para definir as compensações da parceria e nesta sexta-feira houve mais uma reunião. De acordo com o Fernando Basílio, gestor da equipe, ainda não há nada definido, contudo, a conversa tem avançado. “Só neste ano a equipe masculina do São José Vôlei cresceu muito tanto como equipe como em visibilidade e graças a isso as oportunidades começam a aparecer. Estamos nos reunindo para acertar as possibilidades de contrapartida. Não é simples, envolve muitos pormenores que precisam ser avaliados com calma para que a parceria seja interessante para o São José e também para o Santos”.

Veja mais fotos